Tudo começou com a adoção da nossa pequena Alice pelos pais e por todos os integrantes da nossa família, tudo era novidade, havia muita expectativa em relação ao cotidiano de uma criança com diagnóstico de Microcefalia, paralisia cerebral e epilepsia. A orientação dos profissionais sempre foi estimular muito e a todo tempo. Encontramos muita dificuldade na disponibilidade de serviços terapêuticos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde – SUS, nossa Alice faz as terapias nas mais variadas áreas recomendadas com nossos próprios recursos. Com base nesta dificuldade, resolvemos após muita reflexão, mobilizar amigos, familiares e a sociedade civil como um todo para criarmos o primeiro Instituto de Neurorreabilitação infantil, dedicado ao atendimento de crianças que não tem acesso aos recursos terapêuticos devido às condições sócio-econômicas precárias e por outro lado o número grande de pacientes com diagnóstico de neuropatias sem alternativas de atendimento terapêutico na região onde estamos localizados.

Nossa instituição será construída para oferecer atendimento terapêutico para crianças e adolescentes com necessidades especiais relacionadas às doenças neurológicas que não podem pagar pelas terapias e não encontram alternativas pelo SUS.

Os princípios do Instituto Alice de Neurorreabilitação Infantil estão baseados nos valores éticos, morais, no amor ao próximo, no respeito, na honestidade e principalmente por acreditarmos que podemos fazer a diferença na vida dos pacientes e familiares assistidos.